Newsletter

Subscreve a nossa newsletter gratuíta.



Receive HTML?

Em caso de litígio o consumidor pode recorrer ao CNIACC - Centro Nacional de Informação e Arbitragem de Conflitos de Consumo, com sítio em www.arbitragemdeconsumo.org e sede na Faculdade de Direito da Universidade Nova de Lisboa, Campus de Campolide 1099-032 Lisboa.

Inglês
O Inglês da FUTURENET realça a comunicação dentro de um programa gramatical cuidadosamente controlado. Desde as primeiras aulas dos níveis iniciantes do programa, os alunos completam uma variedade de actividades que focam uma comunicação interactiva. Assim que a dificuldade de cada aula vai aumentando gradualmente, os alunos são introduzidos a novas palavras e estruturas frásicas que lhes permitem comunicar mais efectivamente dentro de uma grande variedade de situações. Já que as Canções, Diálogos e actividades presentes nas aulas lidam com experiências que são relevantes e familiares aos alunos e são motivados para falar imediatamente Inglês assim que começam o programa.

As actividades e os exercícios são altamente centrados nos alunos. Depois de aprender novas palavras e estruturas frásicas, os alunos são encorajados a comunicar uns com os outros em grupos. Assim que tiverem desenvolvido competências linguísticas suficientes que lhes dêem um grau de confiança, o trabalho de pares é introduzido, já que esta forma de comunicação se assemelha muito a situações de vida real que as crianças encontram fora da sala de aula.

Os cursos englobam uma variedade de técnicas e filosofias educativas com sucesso provado em instruções e aprendizagens linguísticas:

Modelo de Ritsuko Nakata’s MAT (Model, Action, Talk): realça exercícios breves mas intensivos que permitem aos alunos aprender uma máxima quantidade de palavras em Inglês numa mínima quantidade de tempo.

Total Physical Response (TPR) de James Asher: afirma que juntando acções físicas a instruções linguísticas, a retenção de vocabulário e frases padrão aumenta.

The Functional Approach: realça a necessidade de introduzir expressões devidamente contextualizadas, de preferência aquelas que são relevantes e familiares para as crianças jovens e adultos.

The Communicative Approach: baseado na convicção de que a linguagem aprendida na sala de aula deve ser usada para comunicar pensamentos e sentimentos que são significativos para os alunos.

The Audio-Lingual Approach: afirma que a aprendizagem de uma língua, especialmente o reconhecimento de voz, a pronúncia e a sintaxe, é optimizada fazendo com que os alunos repetidamente ouçam e falem uma variedade de palavras, expressões e frases.

The Grammar/ Structural Approaches: afirma que instruções gramaticais são necessárias para assegurar que os alunos aprendam a construir frases e expressões de forma correcta; essas mesmas regras e estruturas gramaticais podem, depois, ser aplicadas para construir novos padrões de fala, o que resulta num aumento do conhecimento e competência da língua.
 


ingles.pngA FUTURENET é a empresa responsável pelo leccionação do inglês no programa de generalização de inglês no Primeiro Ciclo. Em 2007/2008 no Agrupamento de escolas do Diogo Cão em Vila Real.